Image default

Água Clara terá audiência pública sobre providencias da BR 262 nesta quarta (16)

A Vereadora Gerolina da Silva Alves (PSDB), convida você para participar da Audiência Pública sobre a BR 262 na quarta-feira (16) às 19 horas na Câmara Municipal de Água Clara/MS.

Na audiência estará o Superintendente  Regional DNIT/MS Thiago Carim Bucker, onde será debatido os problemas da BR 262, e a demora na recuperação.

Agora é sua vez de mostrar a indignação com  a  demora em recuperar a BR 262. Faça valer seu direito de cidadão, participe! Sua presença é importante.

Anuncio da recuperação da BR 262

Em 21 de Setembro de 2017, a reportagem do ArapuáMS este numa reunião a convite do presidente da Câmara de Vereadores de Três Lagoas André Bittencourt e dos demais vereadores,  que aconteceu numa reunião no plenário da Câmara de Três Lagoas, com a presença do Superintendente Regional do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes), Thiago Carim Bucker, que explicou  sobre os investimentos que serão feitos na Rodovia BR-262, que serão investidos quase R$ 150 milhões na recuperação do BR 262, que vai do quilometro 4 que sai de Três Lagoas até o quilometro 192 na região de Água Clara, conhecido como Posto do Mutum.

O ato contou com a presença deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), presidente da Câmara de Vereadores de Três Lagoas André Bittencourt (PSDB), a presidente da Associação Comercial de Industrial de Três Lagoas, Glaucia Jaruche, do presidente do Sindicato dos Empregados do Comercio de Três Lagoas, Eurides Silveira de Freitas; do presidente do SINDIVAREJO Sindicato do Comercio Varejista de Três Lagoas/MS, do vice prefeito Paulo Salomão (PSDB), representando o prefeito Angelo Guerreiro (PSDB) e vários vereadores de Três Lagoas. 262 (5)

Bucker explicou que serão duas frentes distintas de trabalho. A primeira, que terá início em outubro 2017, visa colocar a via em perfeitas condições de trafegabilidade. Segundo ele, será uma obra de manutenção, com restauração e melhoramentos, a fim de deixar a rodovia em estado de funcionamento para os usuários. Não será ainda a obra definitiva, mas Bucker garantiu que não serão encontrados mais buracos e degraus no asfalto e nem mato alto.

Estimada em R$ 150 milhões, a outra obra será a restauração completa da pista e dos acostamentos, com implantação de terceiras faixas que poderão varias de 500 metros até 3,5 km, dependendo das subidas e fluxo de veículos pesados, a construção de acostamentos, a redução de desníveis nas pistas até Água Clara. Inclui ainda, melhorias no perímetro urbano da cidade, especificamente, na Avenida Ranulpho Marques Leal, inclusive, com obras de drenagem do Campus II da UFMS até o Parque de Exposições Joaquim Marques de Souza.

O projeto vai contemplar ainda a construção de túneis que vão facilitar a passagem de animais silvestres, para evitar a mortalidade

O início destas obras deverá ocorrer em abril de 2018. “Vamos entregar uma nova rodovia, segura e preparada para esta região, uma das mais que se desenvolve no Estado. Será outra rodovia”, garante Thiago.

Após o anuncio do superintendente, os representantes falaram. Para o presidente do Legislativo de Três Lagoas, André Bittencourt, está obra é muito importante e muito esperado por todos os três-lagoenses e região. Essa é uma das nossas principais rodovias, explicou o vereador.

Eduardo Rocha deputado estadual, afirmou os esforços da bancada sul-mato-grossense no Senado, com apoio de sua esposa, a senadora Simone Tebet (PMDB), e do senador Waldemir Moka (PMDB). Já faz mais de dois anos nossa cobrança, com requerimentos, indicações e finalmente a boa notícia, a reforma da BR 262, afirmou Rocha.

O vice prefeito Paulo Salomão (PSDB), disse que este é momento de Três Lagoas, e parabenizar este momento, com a participação das forças de nossa cidade, que está obra seja bem vinda para nós, trazendo desenvolvimento para nossa região.

Sueidi Silva Torres, o presidente do Sindivarejo, desabafou que não tínhamos mais tranquilidade de ir à Campo Grande, uma viagem sem previsão de volta. Essa reforma vai fomentar o desenvolvimento de nossa região.

Para Glaucia Jaruce, presidente da Associação Comercial de Industrial de Três Lagoas, as condições deterioradas do asfalto de nossa BR, atrapalha o escoamento de produtos. Assim não podemos garantir prazos para nossos clientes, devido as péssimas condições da rodovia.

As obras vão iniciar em abril de 2018, após a entrega do projeto técnico, que terá o prazo de seis meses para ser concluído. A previsão da construção da BR será de dois anos e meio, onde deverá ser finalizada em 2020.

A OBRA

O governo federal investirá R$ 149,9 milhões para recuperar 187 quilômetros da BR-262, entre Três Lagoas a região de Ribas do Rio Pardo. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Mato Grosso do Sul – Dnit/MS contratou o Consórcio Ethos/Pavidez/Spazio por R$ 149.999.999 para restauração do asfalto da rodovia. O resultado do RDC (Regime Diferenciado de Contratação) foi divulgado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (18).

Os trechos da BR-262 a serem restaurados são os segmentos do quilômetro 4 ao quilômetro 8,94, de pista dupla, e do km 8,94 ao km 191,10, em pista simples. São 187,10 de pista, em extensão total de 192,04 km na região de Três Lagoas, até o entroncamento com a MS-338. O prazo de execução da obra é de 900 dias.

Mas até agora nada de obra!!!!

RDC

Diferente da licitação, quando o órgão fornece o projeto executivo, a contratação integrada da empresa prevê a elaboração dos projetos básico, executivo e a obra em si do remanescente da restauração da rodovia, com melhoramentos e adequação da capacidade da estrada.

Neste modelo de contratação, o valor global da obra não é informado pelo órgão e é tratado como sigiloso. Venceu, no caso, o consórcio por ter ofertado o menor valor previsto.

CONTORNO RODOVIÁRIO

Sobre o início da construção do contorno rodoviário, que irá interligar as BRs 158 a 262, o superintendente do DNIT Bucker, “explicou que a obra depende da conclusão do projeto, que deverá ser entregue em julho de 2018”.

Um convênio firmado com o Ministério das Cidades ao Município, o contorno deverá ser entregue até 2020, sendo orçadas em mais de R$ 100 milhões, incluem a construção de pistas, viadutos, pontes e rotatórias.

Conforme o último levantamento do DNIT, aproximadamente 600 caminhões circulam diariamente nas rodovias, que circundam Três Lagoas.

O projeto para construção do contorno rodoviário foi orçado em R$ 3 milhões e deverá contar com apoio das indústrias de celulose Fibria e Eldorado Brasil.

 

Veja também

Vereadores de Três Lagoas rejeitam reajuste no IPTU e empréstimo de 250 milhões

admin

Câmara de Três Lagoas doa R$ 650 mil para Polícia Militar

admin

BR 262: Carro capota em aquaplanagem e cadeirinhas salvam crianças

admin

Em Três Lagoas, mulher perde emprego por ser casada com negro

admin

Criança de 5 anos é morta pela mãe após chutar o cachorro da família

admin

Professora de Brasilândia morre com suspeita de dengue hemorrágica em Três Lagoas

admin

Ampliação de Subestação em Três Lagoas custará 4,2 milhões e beneficiará 80 mil pessoas

admin

AEMS terá curso de Odontologia em 2019

admin

Comissão da Câmara de Três Lagoas ouve professores para apurar denúncias sobre materiais esportivos

admin