Image default

Alunos da Escola Municipal “Júlio Fernandes Colino” participam de passeata contra o Bullying

Ação visa conscientizar sobre o problema os alunos de 4 a 9 anos e a sociedade em torno da escola

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) de Três Lagoas está desenvolvendo em todas as Unidades Escolares e Centros de Educação Infantil do Município, o Programa de Prevenção ao Bullying e Cyberbullying, norteada pela Lei Municipal nº 3.312 de 29 de agosto de 2017.

As atividades do Programa são divididas em três momentos: com pais ou responsáveis, profissionais da educação e alunos. Todos são oportunizados a se sensibilizarem pela empatia e, a partir do conhecimento de mundo, refletirem sobre a violência escolar; seus danos e efeitos na vida de seus filhos.

Segundo a secretária de Educação e Cultura, Maria Célia Medeiros, “diante do exposto, temos conseguido atingir as diferentes regiões da cidade com formação/capacitação e orientação a todos os segmentos da Comunidade Escolar”, explicou.

Ainda segundo ela, “a sensibilização de todos os envolvidos se faz de maneira fundamental para que possamos construir, instituir, promover e garantir a Cultura de Paz e Fraternidade entre nossas crianças e jovens, conscientizando seus familiares para a participação contínua e efetiva na vida escolar de seus filhos”, concluiu a secretária.

PASSEATA

Cerca de 300 alunos de 4 a 9 anos da Escola Municipal “Júlio Fernandes Colino”, acompanhados dos pais e professores da Unidade, participaram nesta sexta-feira (13) nos períodos matutino e vespertino, de uma passeata com o objetivo de conscientizar a comunidade em torno sobre o Bullying.

Munidos de cartazes elaborados em sala de aula com os alunos, a passeata fechou uma sequência de trabalhos desenvolvidos com as crianças envolvendo o tema, sempre acompanhados de materiais didáticos que as ajudassem a entender o problema como, por exemplo, a leitura de livros como o Patinho Feio.

Segundo a diretora, Suzana Garcia Mendes, trabalhos como estes são importantes, “pois além de atender às exigências da Lei Municipal 3.312, de autoria dos vereadores André Bittencourt e Marcus Bazé, as crianças são orientadas sobre como o bullying começa. Explicamos, por exemplo, que uma ação negativa feita por mais de três vezes já é bullying e eles aprendem a lidar melhor com as emoções e trabalhar sentimentos de solidariedade ainda novinhos”, destacou.

Veja também

Trabalhadores da Eldorado Brasil aceitam reajuste proposto

admin

Vereadores de Três Lagoas aprovam projeto de lei que prevê parcelamento do ITBI

admin

Projeto “Brincando na Praça estará levando lazer aos moradores de Paranaíba

admin

Em Três Lagoas, Festa em honra a Nossa Senhora Aparecida terá procissão terrestre e fluvial

admin

Em Três Lagoas, Parceria entre Fibria e Senai beneficia 71 jovens no Programa Jovem Aprendiz

admin

Produtor rural é multado em R$ 3,6 mil por armazenamento de 12 m³ de madeira nativa ilegalmente

admin

Ações do programa “Saúde na Comunidade” são levadas às famílias do Jupiá

admin

Primavera em MS terá temperatura acima de 40º C e muita chuva

admin

Em Vídeo: Rapaz morto em acidente em Vicentina morava em Três Lagoas

admin