Image default

BR 262, Com grande quantidade de chuva, carreta aquaplana e cai em riacho no Km 25

Durante os primeiros dias do mês de janeiro deste novo ano, já choveu uma média de 300 milímetros na região de Três Lagoas.

Conforme a PRF na madrugada de ontem (10), no Km 25 da BR 262, aconteceu um acidente envolvendo uma carreta carregada de eucaliptos de uma empresa de Três Lagoas.

Com a chuva que vem ocorrendo desde o primeiro dia do ano (01), sendo em proporção maior nos últimos dias, como vem acontecendo em diversos Estados, a rodovia está em péssimas condições, e na madrugada (10), próximo ao posto da Policia Rodoviária Federal, uma carreta caiu no riacho.

Os policiais informaram ao ArapuáMS, que pode ter sido pela grande quantidade de água na pista, em que a carreta aquaplanou (falta de aderência entre pneu e pista) e escorregou para o riacho.

As fotos foram enviadas pelo leitor Aluisio, morador de Arapuá, conforme as imagens pode ser vista a cabine da carreta toda afundada na água, mas mesmo assim os policias disseram que ninguém machucou.

A equipe da PRF esteve no local ajudando no socorro e conduzindo o transito da rodovia.

Aconteceu algo em nossa região, nos mande no whats 67 992624704, sua sugestão, reclamação e registro ficará publicado no ArapuáMS.

 

Como Parar de Aquaplanar

A aquaplanagem ocorre quando a água se acumula na frente dos pneus de um carro, entre a borracha deles e a superfície da estrada. A pressão da água na frente do pneu força uma camada de água sob ele, reduzindo o atrito e fazendo com que o motorista perca o controle do carro.[1] Embora possa ser uma experiência assustadora, especialmente se todas as quatro rodas aquaplanarem, o mais importante é lembrar-se de manter a calma.

Passos

 1 – Tire um pouco o pé do acelerador e guie o seu carro com cuidado na direção da estrada. Faça isso até que o carro diminua a velocidade e você possa sentir os pneus no chão novamente.

 2 – Dirija devagar e com cuidado para evitar patinar e mantenha uma pressão suave em seu freio e no acelerador. Se precisar frear, faça isso em pulsos gentis; se seu carro tiver freios ABS, então você pode frear normalmente. Não trave as rodas, pois isso fará seu carro patinar. Evite aceleração e frenagem súbitas. Não faça curvas súbitas, pois estas poderiam lançar seu carro para fora da estrada.

Se seu carro começar a patinar, tire o pé do acelerador calma e lentamente. Não entre em pânico! Continue a dirigir seu carro para que a frente dele fique na direção certa, o que pode envolver mudanças constantes de direção. Evite frear a menos que seu carro tenha freios ABS; se esse for o caso, você pode frear firmemente quando sentir que vai derrapar.

3 – Tome muito cuidado nas estradas curvas, dirigindo suave e lentamente.

4 – Tente dirigir nas marcas de pneu deixadas pelos carros na sua frente. Isso diminui o risco da água se acumular na frente de seus pneus e fazer você perder o controle do seu carro.

5 – Entenda como lidar com condições específicas de aquaplanagem dependendo da direção da viagem e das rodas afetadas.

  • Se seu veículo estiver seguindo em linha reta, provavelmente vai parecer solto e começar a virar em qualquer direção. Use movimentos maiores para controlá-lo e vire sempre na direção que vai fazer a frente do seu carro viajar em linha reta.
  • Se as rodas de tração aquaplanarem, pode haver um aumento em seu velocímetro e RPM (rotações por minuto) do motor, conforme os pneus começarem a girar. Contra-ataque isso soltando o pedal do acelerador, diminuindo a velocidade e guinando seu carro de forma que viaje em linha reta na estrada.
  • Se as rodas da frente aquaplanarem, o carro vai começar a escorregar para fora da curva. Diminua a velocidade e continue a guiar de forma que seu carro possa viajar em linha reta.
  • Se as rodas de trás aquaplanarem, a traseira do carro vai começar a virar para o lado e derrapar. Oriente seus pneus na direção da derrapagem até que os pneus traseiros parem de aquaplanar e entrem em contato com o solo, então rapidamente vire para a direção oposta para endireitar seu veículo.
  • Se todas as quatro rodas aquaplanarem, o carro deslizará para a frente em linha reta, como se fosse um grande trenó. É fundamental permanecer calmo, reduzir bem a velocidade soltando o pedal do acelerador e continuar controlando o volante na direção da estrada. Assim, quando um ou mais pneus recuperarem a tração com o solo, você estará preparado para continuar dirigindo.

6 – Evite a aquaplanagem substituindo pneus desgastados, mantendo seus pneus inflados corretamente e verificando os sulcos deles. Pratique como conduzir com segurança em condições de chuva, diminuindo a velocidade.

Pneus gastos são mais propensos à aquaplanagem porque têm poucos sulcos. Um pneu com meia-vida vai aquaplanar 4,8 a 6,4 km/h mais lentamente do que pneus novos;

Pneus pouco inflados podem se curvar para dentro, o que deixa o centro deles mais altos e retém a água mais facilmente;

Pneus que correm o maior risco de aquaplanagem têm um diâmetro pequeno e são largos;

Quando mais longa e mais fina a área de contato, menor a probabilidade de um pneu passar por aquaplanagem. Um veículo mais pesado em um pneu inflado adequadamente diminui o risco de aquaplanagem, mas o oposto é verdadeiro para pneus com baixa pressão.

Dicas

  • É muito melhor evitar deixar seu veículo em uma situação de aquaplanagem em primeiro lugar, certificando-se de que seus pneus estão em boas condições e dirigindo lentamente sob chuva. Como regra geral, você deve diminuir sua velocidade em pelo menos um terço durante dias muito chuvosos.
  • Os sulcos de um pneu são feitos para expelir água dele, mas às vezes o acúmulo de água é tão alto que o pneu não consegue dispersá-la. Liberar o pedal do acelerador retarda o carro o bastante para que o pneu seja capaz de recuperar o contato com o solo.
  • Pneus de aeronaves também podem aquaplanar. Lidar com essa situação é diferente das etapas descritas neste artigo, que pressupõem que você está dirigindo um veículo a motor no chão.

Avisos

  • Não use o piloto automático sob chuva forte. Seu veículo vai reconhecer o acúmulo de água como um atraso e pedir mais potência, o que pode levar a problemas.
  • Não freie bruscamente quando seu carro aquaplanar, mesmo que esse seja o seu primeiro impulso. Uma frenagem brusca pode fazer suas rodas travarem, criando o risco de derrapagem e de mais perda de controle sobre o seu veículo.
  • Os sistemas ESC, ou de controle eletrônico de estabilidade, e de freios ABS não são substitutos para a condução cautelosa e a boa manutenção dos pneus. Os sistemas ESC usam técnicas avançadas de frenagem, mas que ainda dependem de haver contato com a estrada – na melhor das hipóteses, eles ajudam na recuperação quando o carro diminui a velocidade o suficiente para recuperar a tração, mas não podem impedir a aquaplanagem

Veja também

3º aninho de João Paulo Souza França

admin

Em Três Lagoas, Primeira rodada Varzeano 2018 tem 46 gols e Campeonato poderá ser adiado

admin

Carro bate de frente com carreta e mata dupla sertaneja

admin

A apicultura é um grande negócio para o Mato Grosso do Sul

admin

6º Encontro da Camponesas no Assentamento 20 de Março em Arapuá recebe centenas de pessoas

admin

Armadilhas “MosquiTRAP” é instalado em Arapuá

admin

Em Selvíria, Aberta as inscrições do 1º Campeonato Municipal Livre de Society 2018

admin

Fibria utiliza drones e Veículos Aéreos não Tripulados (Vant) em operações florestais

admin

Em Andradina, Médico ortopedista é atropelado; motorista fugiu sem prestar socorro

admin