ArapuáNews – Notícias de Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, Brasil e região
Image default

Concessão da MS-306 pode gerar economia de R$ 224 milhões a MS

Despacho publicado hoje pelo governo do Estado justifica que a concessão da MS-306 para a iniciativa privada irá gerar à administração economia de R$ 224,066 milhões, em comparação a contratações realizadas pelo modelo convencional de licitação.

O despacho foi publicado hoje no Diário Oficial do Estado , em atendimento às legislações federal 8.897/95 e estadual 1.776/97 que exigem a publicação de ato justificando a conveniência da concessão ou permissão, caracterizando objeto, área e prazo.

Segundo texto assinado pelo governador do Estado, Reinaldo Azambuja, a MS-306 é importante para o agronegócio, por estar localizada em polo de integração comercial entre MS, MT, SP, GO e MG, sendo rota de escoamento de produção de açúcar, álcool, algodão, soja e milho.

A rodovia “evidencia a necessidade de realização de grandes melhorias nas condições de sua trafegabilidade, em razão do tráfego intenso de veículos comerciais, bem como da necessidade de garantir a segurança dos usuários, diante dos elevados índices de acidentes”.

A viabilidade foi comprovada por meio de estudos de viabilidade econômica-financeira, ambiental e jurídica, desenvolvidos em chamamento público.

s estudos técnicos para a adequação de capacidade, reabilitação, operação, manutenção e conservação da MS-306 foram apresentados em abril de 2018 por empresas que participaram de edital de chamamento público. O processo foi vencido pelo grupo Moysés & Pires Sociedade de Advogados, formado pelas empresas Proficenter Negócios em Infraestrutura, Matricial Engenharia Consultiva, R Charlier Sistemas Gerenciais, TESS Consult Soluções e Serviços, B Alvim Engenharia; e Ulticon Tecnologia e Serviços.

A concessão, segundo despacho, compreende as MS-306 e BR-359, correspondente ao trecho da divisa de MT (entroncamento da MT-100) a Cassilândia (entroncamento da BR-158) com extensão de 219,5 km.

As obras preveem implantação de sinalização horizontal, acostamentos de 2,5 m de largura, infraestrutura de posto de pesagem móvel, correção de traçado de curvas críticas, e inclusão de faixas adicionais, vias laterais, novas passarelas de pedestres e de fibra ótica.

O prazo de concessão é de 30 anos, contados a partir da data que a empresa assumir os serviços.

Com informações do Campo Grande News.

Veja também

Visite nosso novo site www.arapuanews.com.br

admin

Cerca de 800 pessoas participaram do projeto Transporte em Ação do SEST SENAT

admin

Em Corumbá, Professora de 44 anos morre atropelada por vagão

admin

Saudoso locutor de rodeios, ‘Curió’ ganha homenagem com nome de rua em Três Lagoas

admin

Ex-Vice Presidente da FETEMS e Professora Elaine de Sá Costa será velada as 20h no Sinted de Três Lagoas

admin

Reporter Arapuá, Acidente entre ônibus e carro é registrado na Avenida Ranulpho em Três Lagoas

admin