Image default

Confira as fotos da 2ª Caminhada pela valorização do Autismo em Três Lagoas

Um distúrbio que atinge milhares de pessoas. O Transtorno Espectro Autista vem sendo cada vez mais diagnosticado em crianças, adolescentes e requer muita atenção dos pais. Na manhã deste sábado (7), dezenas de famílias foram às ruas, no Centro de Três Lagoas, para participar da “2ª Caminhada pela Conscientização do Autismo”.

O objetivo é promover integração e levar informação sobre as pessoas que nascem com a síndrome, além de ser uma homenagem ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, que é celebrado no dia 2 de abril. A ação foi realizada pelo grupo “Fazendo a Diferença”, que reúne pais e filhos com autismo. Segundo a coordenadora  Nadir Vilalva, atualmente há 70 pessoas com a síndrome na cidade e que integram o grupo.

“O principal objetivo é trocar experiências, ajudar, orientar as famílias. Muitas pessoas não sabem como lidar a partir do momento em que descobre que o filho foi diagnosticado com a síndrome. E quanto mais cedo ocorrer esse diagnóstico, mais fácil será para o tratamento”, explicou.

Com faixas, cartazes, camisetas e balões na cor azul, os participantes aproveitaram a caminhada para distribuir panfletos informativos e também alertar à população sobre os cuidados para com os portadores do transtorno.  A manifestação chamou a atenção de quem percorria pela área central.

O grupo contou com o apoio da Polícia Militar e agentes de trânsito durante todo o trajeto, que iniciou na avenida Antônio Trajano e seguiu até a avenida Paranaíba, encerrando na praça senador  Ramez Tebet.

Apesar das dificuldades que alguns pais enfrentam com os filhos portadores de autismo, o professor Cláudio Lopes, pai do Rubens, de 6 anos, que possui o transtorno, afirma que somente o amor pode superar todas as barreiras. “É uma situação muito difícil. Por 30 dias após o diagnostico eu rejeitei o meu filho. Depois, o amor em meu coração falou mais alto. E, hoje, ele é a essência da minha vida”, declarou.

Autismo

O autismo apresenta sintomas básicos como: dificuldade de interação social; déficit de comunicação tanto quantitativo quanto qualitativo; padrões inadequados de comportamento que não possuem finalidade social. A criança que tem o Espectro Autista, é mais sensível que as demais. Alguns desenvolvem dificuldades para processar os estímulos externos.

Com Informações JpNews

Veja também

Confira as fotos da formatura de 60 alunos do Bombeiros do Amanhã em Três Lagoas

admin

SEJUVEL entrega premiações aos vencedores e escolas dos JET’s 2018, CONFIRA AS FOTOS

admin

Confira as fotos, Polícia Militar e Prefeitura de Três Lagoas formam alunos do Proerd

admin

Arapuá recebe Decoração Natalina do Prefeito Guerreiro

admin

Em Fotos| Casamento de Fagner Ramos e Yasmin Menezes

admin

Angelo Guerreiro completa 50 anos neste 3 de Dezembro

admin

Grupo São Francisco Saúde inaugura unidade em Três Lagoas

admin

Prefeito entrega Reforma do CRASE “Coração de Mãe” em Três Lagoas

admin

Veja as fotos do Miss Plus Size MS, Miss e Mister Três Lagoas CNB 2019

admin