Image default

Em Três Lagoas, Polícia procura principal suspeito de assassinar amigo no Santa Luzia

A Polícia Civil de Três Lagoas está à procura de Jefferson Mariano Verdugo.

Ele é o principal suspeito de ter cometido o assassinato de Matheus Gonçalves Medeiros, de 19 anos, com requintes de crueldade.

Jefferson teria utilizado um ferro de passar roupas e uma pedra grande para cometer o crime contra o próprio amigo,  em uma residência no bairro Santa Luzia na noite deste sábado, 11, em Três Lagoas.

O corpo foi encontrado todo ensanguentado pela Polícia Militar e também pela Polícia Civil.

O CRIME

De acordo com o boletim de ocorrência uma viatura da Polícia Militar foi acionada e se deslocou a uma residência localizada à Rua Urias Ribeiro, no bairro Santa Luzia. Segundo o comunicante, uma pessoa estaria pedindo por socorro neste local.

Testemunhas relataram aos policiais que o proprietário do imóvel identificado por Jefferson Mariano Verdugo estava com a vítima.

Ainda conforme as testemunhas, vários gritos e barulhos de briga entre Jefferson e Matheus foram ouvidos.

Jefferson Mariano Verdugo é o principal suspeito de ter matado o próprio amigo no Santa Luzia (Foto: Reprodução/Facebook)

A esposa de suspeito implorava para que ele não agredisse a vítima, porém mesmo diante dos filhos de nada adiantou.

Assustada, a mulher resolveu então sair de casa com as crianças. Jefferson fugiu do local, tomando rumo ignorado.

No local, os policiais observaram marcas de sangue próximo à porta de entrada da residência, inclusive com características de que o corpo foi arrastado por alguns metros dentro do quintal.

O corpo do jovem foi localizado no quintal do imóvel atrás da sucata de um caminhão, com múltiplas lesões na cabeça e pescoço.

Ao lado do corpo, uma pedra grande coberta de sangue e no quintal um ferro de passar roupa quebrado com muito sangue. A polícia acredita que tenham sido utilizados no crime.

No local por onde o corpo foi arrastado, os policiais encontraram também o aparelho celular da vítima e um cigarro de maconha próximo a porta de entrada do imóvel.

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada e atestou o óbito do jovem.

O Delegado de Plantão, Gabriel Sales acompanhado de um perito foram ao local, e realizaram os primeiros procedimentos.

Dentro da imóvel, o delegado encontrou a carteira de trabalho, cópia da certidão de nascimento e um currículo em nome de suspeito, além de ma pequena porção de maconha totalizando aproximadamente 2,4 gramas.

Foto: Matheus Gonçalves de 19 anos que foi assassinado com requintes de crueldade pelo amigo (Foto: Reprodução/Facebook)

Por volta das 22h40, quando estava sendo lavrado o boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), o aparelho celular que havia sido encontrado no local tocou e ao atender uma mulher se identificando como mãe da vítima, perguntou pelo filho.

A Polícia Civil a perguntou se ela conhecia Jefferson. Ela respondeu que ele era amigo do filho e perguntou o motivo que o aparelho estava na delegacia. O policial que atendeu solicitou para que ela comparecesse a Depac.

Ela então foi a delegacia acompanhada do esposo. No local, se dirigiram ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e acabaram reconhecendo o corpo.

O suspeito continua foragido. Mais informações a qualquer momento.

Por HojeMais Três Lagoas /Albecyr Pedro

Related posts

Campeonato estadual de futebol feminino começa neste fim de semana em Três Lagoas e Campo Grande

admin

12ª edição do “Meu Bairro Limpo” é realizada nesta sexta-feira em quatro bairros de Três Lagoas

admin

Circuito Ciclístico SEST SENAT distribui kits para os participantes neste sábado em Três Lagoas

admin

Pedro Chaves relata projeto para criação de Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário

admin

Saúde de Selvíria realizará Dia D de Campanha Contra Raiva

admin

Prefeitura de Três Lagoas abre processo para concessão de espaço público para exploração comercial

admin