Image default

Ex-agente Comunitária de Saúde do Arapuá socorre mulher em trabalho de parto em residência de Três Lagoas

Trabalho de parto domiciliar, algo inédito para as Agentes de Saúde de Três Lagoas Nádia e Rosemeire

As 7h 15 min da manhã do dia 4 de Setembro, enquanto estavam indo a caminho do trabalho no Posto do bairro de Nova Três Lagoas, as Agentes Comunitárias de Saúde Nádia Caroline Mamedes Figueiredo e Rosemeire Oliveira Mello,  foram abordadas por uma moradora, que pediu ajuda há uma mulher que estava em trabalho de parto, já havia rompido a bolsa e com fortes contrações.

Enquanto Rosemeire saiu em busca de ajuda no Posto de Saúde do bairro Nova Três Lagoas, que fica próximo da casa em que estava nascendo a criança, a agente Nádia com os treinamentos que recebe diariamente para todos os tipos de situações, principalmente partos, pediu para a gestante, que deitasse no sofá, onde deu inicio ao nascimento da pequena Maria Fernanda.

Em seguida chegaram a enfermeira Rosângela Faria Corrêa, a técnica de enfermagem Aidê Guilherme Sobrinho e a agente de saúde Kelli de Lima que atenderam ao chamado e finalizaram o parto. A nenê já estava nascendo, no sofá da casa. “Coisa mais linda”, lembra, emocionada, a agente de saúde. “A gente fez todo o preparo para receber a nenê e depois a embrulhamos com um edredon, porque estava muito frio de manhã”, lembra.

Enquanto as enfermeiras tomavam as providências com o parto, acionaram o Samu, que não demorou nem cinco minutos para chegar.

A bebezinha se chama Maria Fernanda. A recém-nascida passa bem e já está sendo amamentada pela mamãe Vitória Martins Pereira. Informações do Perfil News

A Agente de Saúde Nádia Caroline Mamedes Figueiredo trabalhou por vários anos no Distrito de Arapuá, e teve que vir para Três Lagoas deixando saudades nos moradores de Arapuá.

O Distrito de Arapuá já chegou a ter três Agentes Comunitário de Saúde (ACS) e um Agente de Controle a Endemias (ACE). Hoje no Distrito temos somente duas agentes Aparecida Ribeiro Rodrigues e Edna Clair Lino.

Agente Comunitário de Saúde

O Agente Comunitário de Saúde (ACS) tem como atribuições “desenvolver atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, por meio de ações educativas individuais e coletivas, nos domicílios e na comunidade, sob supervisão competente”, na primeira lei que tratou a regulamentação da profissão de ACS foi assinada em outubro de 1999, com o decreto nº 3.189.

Em cinco de outubro de 2006, o governo federal sanciona a lei 11.350, que regulamentou a Emenda Constitucional 51, regulamentando as profissões de ACS e ACE. Importantes mudanças – como a vinculação exclusiva das atividades ao Sistema Único de Saúde (SUS) e a contratação por meio de processo seletivo – foram determinadas pelo documento.

A enfermeira Rosângela Faria Corrêa e a técnica de enfermagem Aidê Guilherme Sobrinho

Related posts

IFMS abre inscrições em concurso público para técnicos-administrativos

admin

Campeonato estadual de futebol feminino começa neste fim de semana em Três Lagoas e Campo Grande

admin

12ª edição do “Meu Bairro Limpo” é realizada nesta sexta-feira em quatro bairros de Três Lagoas

admin

Circuito Ciclístico SEST SENAT distribui kits para os participantes neste sábado em Três Lagoas

admin

Pedro Chaves relata projeto para criação de Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário

admin

Saúde de Selvíria realizará Dia D de Campanha Contra Raiva

admin