Image default

PMA utiliza drone para monitorar cardumes no rio Coxim e Taquari e apreende redes de pescadores que praticariam pesca predatória

Policiais Militares Ambientais de Coxim realizam fiscalização preventiva e monitoramento de cardumes no rio Coxim e Taquari com utilização de um drone. Ontem (10) à tarde, durante a vigilância, os Policiais verificaram por meio do aparelho, dois infratores em uma região nas proximidades de um córrego denominado Índio, transportando redes de pesca (petrecho de proibido).

Aparentemente, os infratores ao perceberem o drone, esconderam os petrechos ilegais à margem do rio e empreenderam fuga na mata. A equipe foi ao local e apreendeu duas redes de pesca, que mediam 50 metros cada.

A PMA continuará em fiscalização preventiva, fundamental para evitar a depredação dos cardumes, especialmente com uso deste tipo de petrecho ilegal que tem alto poder de captura. Se identificados, os pescadores responderão por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Há também previsão de multa administrativa de R$ 700,00 a R$ 100.000,00.

Related posts

PMA autua fazendeiro paulista em R$ 320 mil por maus tratos ao deixar gado sem alimento com mortes por fome e sede

admin

PMA autua proprietária rural em R$ 1,8 mil por construção de cerca com madeira ilegal

admin

Operação nacional contra o desmatamento ilegal em Mata Atlântica, autua 22 e aplica 1,3 milhão em multas

admin

PMA autua fazendeiro em R$ 2,7 mil por derrubada de árvores para a exploração da madeira

admin

PMA embarga atividade de irrigação com dejetos de suinocultura e autua proprietários de fazenda em R$ 5 mil

admin

PMA autua fazendeiro em R$ 6 mil por realizar incêndio em pastagem

admin