ArapuáNews – Notícias de Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, Brasil e região
Image default

Polícia Militar Ambiental de Dourados utiliza drones na fiscalização preventiva do Parque Estadual Várzeas do Rio Ivinhema

Ontem e hoje (5), Policiais Militares Ambientais de Dourados e do Grupamento da PMA do Parque fiscalizaram áreas dos rios Paraná e Ivinhema, dentro e nas imediações do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, com utilização dos drones. Grandes áreas de rios e de florestas do entrono e de dentro do Parque foram fiscalizadas preventivamente, sem que os Policiais realizassem grandes deslocamentos em viaturas e embarcações. Não foi encontrado ninguém na área do Parque e nem cometendo infrações nas áreas de entorno.

O uso de drones pela PMA na fiscalização tem se constituído em uma importante ferramenta nos trabalhos preventivos da Polícia Militar Ambiental. Os infratores têm ficado com receio de serem identificados pelas imagens, bem como os aparelhos permitem que os Policiais possam fiscalizar grandes áreas de rios, ou terrestres, sem serem percebidos, o que dificulta ainda os avisos via celular aos infratores, que são comuns quando as equipes estão nos rios, ou a campo.

Além do mais, quando se descobrem os crimes e infrações ambientais, as imagens e filmagens dos aparelhos servem para qualificar os relatórios dos Policiais, que subsidiarão o contraditório e o processo nas instâncias penal e civil, bem como o processo administrativo, para a melhor formação de convicção dos julgadores.  

Os drones tornam ainda a fiscalização racional com relação aos gastos de recursos públicos, tendo em vista que evitam grandes deslocamentos utilizando viaturas, ou embarcações, que ocorrerão somente em casos de visualização de suspeitas de crimes ou infrações. Para se ter ideia, o Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI) envolve os municípios de TaquarussuJateí e Naviraí e possui área de 73.345,15 hectares, o que torna muito complicada a fiscalização por meios convencionais.

Veja também

P. M. A. de Três Lagoas autua três em R$ 8,5 mil por pescar durante a piracema no rio Verde em Água Clara

admin

P. M. A. de Campo Grande autua dois assentados em R$ 25 mil por manutenção de gado em área protegida de reserva legal coletiva de assentamento

admin

Polícia Militar Ambiental de Dourados autua mais um exibicionista em R$ 2,9 mil por postar em redes sociais captura de dourado, que tem pesca proibida

admin

PMA de Três Lagoas autua pecuaristas em R$ 30 mil por manutenção de gado em área protegida por lei

admin

No MS| Fotos de pescaria custam caro e homem terá de pagar R$ 3,9 mil

admin

P. M. A. de Dourados autua três caçadores em R$ 4,5 mil que divulgaram nas redes sociais vídeo e fotos de caçada

admin