ArapuáNews – Notícias de Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, Brasil e região
Image default

Prefeitura de Três Lagoas é autorizada a financiar obras de macrodrenagem e asfalto

Desde de 2017 a Prefeitura Municipal de Três Lagoas, por meio do prefeito Angelo Guerreiro e agentes da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (SEINTRA) e Governo e Políticas Pública (SEGOV), vem buscando recursos para findar os problemas de drenagem e pavimentação do município e, a possível solução, é o empréstimo no valor de R$ 243 milhões junto a Caixa Econômica Federal (CEF) e a Corporação Andina de Fomento (CAF).

No início de seu mandato, Angelo realizou reuniões técnicos do Ministério das Cidades e do CAF e isso mostrou que seria possível o município obter o montante necessário para a realização das obras. Com isso, levou o projeto a conhecimento da Câmara de Vereadores em dezembro de 2018, porém foi recusado pelo legislativo que solicitou mais detalhes do processo.

Com isso, uma equipe composta por técnicos da SEGOV e SEINTRA se uniram e reapresentaram o projeto em uma reunião com os membros do legislativo municipal na semana passada esclarecendo ponto a ponto do projeto.

VITÓRIA

Na sessão desta terça-feira (16) os vereadores aprovaram, por maioria, tendo apenas o voto contra do parlamentar  Flodoaldo Moreno, a contração do empréstimo com a CEF, por meio do Programa Avançar Cidades, no valor de R$ 43,4 milhões que será usado para execução de obras de macrodrenagem nas bacias do Córrego Japão e do Onça, e redes de coleta de água pluviais em aproximadamente dez bairros.

O segundo, com o CAF, também foi aprovado pela maioria, tendo-se oposto apenas os vereadores Renée Venâncio e Flodoaldo Moreno. Esse, por sua vez, é no valor de US$ 50 milhões, algo em torno, pela conversão atual de Dólar para Real, R$ 190 milhões que serão investidos em drenagem e pavimentação da Avenida Jary Mercantes e outros quatros bairros.

PROCESSO CONTINUA

A próxima etapa, conforme o secretário da pasta de Infraestrutura, Adriano Barreto, é retomar as tratativas com os bancos, agendar visitas, contratar os projetos, além de consultoria financeira e ambiental para viabilidade dos mesmos. “Será um longo caminho até de fato o montante estar disponível para o município, infelizmente, perdemos mais de sete meses para avançar devido a não aprovação inicial”.

PAGAMENTO

Na apresentação feita pelos técnicos da Prefeitura ao legislativo, demonstrou que cada empréstimo será pago ao longo de 20 anos e que vai comprometer apenas 5% do orçamento anual. Além disso, o empréstimo com a CEF tem carência de 4 anos para começar a pagar e juros de 6% ao ano, já a dívida com o CAF pode começar a ser paga depois de 5 anos e os juros anuais serão de 2,3%.

Veja também

Visite nosso novo site www.arapuanews.com.br

admin

Cerca de 800 pessoas participaram do projeto Transporte em Ação do SEST SENAT

admin

CAMPANHA: “Adote uma caneca” é iniciada na Prefeitura de Três Lagoas

admin

Em Corumbá, Professora de 44 anos morre atropelada por vagão

admin

Saudoso locutor de rodeios, ‘Curió’ ganha homenagem com nome de rua em Três Lagoas

admin

Ex-Vice Presidente da FETEMS e Professora Elaine de Sá Costa será velada as 20h no Sinted de Três Lagoas

admin