Image default

Prefeitura, SEBRAE, agricultores e empresários de Três Lagoas se unem para lançar Projeto Piloto de um “mini CEASA”

O local será voltado para a comercialização de produtos à agricultura familiar em formato de atacado

Com a participação do prefeito Angelo Guerreiro, do secretário municipal de Meio Ambiente e Agronegócios, Celso Yamaguti e do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Antônio Empek Junior, a Prefeitura de Três Lagoas e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), realizaram uma reunião de apresentação para os empresários e produtores locais do Projeto Piloto da Central de Comercialização da Agricultura Familiar que deve ser aberta no dia 8 de dezembro.

O espaço que abrigará a Central, que será voltada à comercialização de hortifrútis e mel em forma de atacado para bares, restaurantes, hotéis e afins, é o antigo espaço de armazenamento da Citocal que fica no conjunto de prédio da Esplanada da N.O.B, no Centro da Cidade. “Ainda não é o ideal, tanto que estamos buscando recursos junto a deputados federais para que seja possível construir um espaço destinado a isso, porém, como ainda é um projeto piloto, esse local deve servir como um laboratório”, explica o prefeito Angelo Guerreiro.

A ideia é que o espaço funcione como um mini CEASA, a exemplo de cidades como Araçatuba – SP e a capital de MS, Campo Grande. “Isso é para que Três Lagoas possa ter, futuramente, um local de comercialização no intuito de fortalecer e crescer a nossa economia local e valorizar os agricultores da nossa região”, comenta Angelo.

De acordo com o agricultor familiar, Júlio Cesar, da Associação dos Produtores do Assentamento 20 de Março e Arapuá, hoje o grande gargalo da agricultura familiar é a comercialização, algo que desmotiva os agricultores. “Essa oportunidade de termos o nosso próprio espaço administrado pelas associações, além de motivar e tornar possível o retorno dos produtores ao campo, aumenta as vendas e, com isso, a renda familiar”, enfatiza.

Nelio Arone, que é proprietário de um restaurante local e de um café, diz acreditar que, comprando alimentos produzidos aqui mesmo em Três Lagoas, “além de fomentar o comércio, gerar renda e empregos, a ideia ainda permite que os empresários do ramo de alimentos consigam produtos com mais qualidade e com preços melhores, ou seja, é unir o útil ao agradável”, diz.

A consultora da área de mercado do Sebrae, Claudia Matos, enfatiza que  a reunião foi para o pré-lançamento do Projeto Piloto. “O intuito é oportunizar negócios, tanto para a agricultura familiar, passando a contar com um local com infraestrutura completa que permita a comercializar de seus produtos com qualidade, quanto ajudar os empresários a comprarem os produtos locais e facilitar a questão de logística, conhecimento do que é produzido e como é produzido, além ainda da economia de tempo, afinal estarão comprando localmente”, finaliza.

SERVIÇO

O lançamento da Central de Comercialização de Produtos da Agricultura Familiar em Três Lagoas será no dia 8 de dezembro, às 8h30, na antiga Citocal, na estação ferroviária do Centro da Cidade.

Veja também

CEI Dona “Clementina Carrato” recebe nova pintura e cobertura do pátio

admin

Ex-atleta de Três Lagoas Jorginho Corumbaense morre aos 54 anos

admin

Em Três Lagoas, Curso de beneficiamento de mandioca surpreende participantes

admin

Saúde de Três Lagoas continua usando bomba de fumacê para conter proliferação do Aedes aegypti

admin

Novos Agentes de Endemias de Três Lagoas são capacitados para o exercício de suas funções

admin

Donos de cães e gatos de Três Lagoas têm nova oportunidade de vacinar contra a raiva os animaizinhos de estimação

admin

SEDECT de Três Lagoas realiza Domingo Kids no Balneário Municipal “Miguel Jorge Tabox”

admin

Em Três Lagoas, Muita emoção na comemoração de N.S. Aparecida

admin

Festa é realizada para as crianças carentes de Três Lagoas

admin