Image default

Saúde de Três Lagoas é reconhecida pelo eficiente combate à dengue

Reconhecimento é da Ecovec, empresa de biotecnologia e bioinformática, parceira no Monitoramento Inteligente do Aedes Aegypti

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Diretoria de Vigilância e Saneamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), recebeu placa de reconhecimento e elogios pelo trabalho que vem desempenhando no “Monitoramento Inteligente do Aedes Aegypti (MI-Aedes)” e combate à Dengue.

A iniciativa da placa com o reconhecimento do “trabalho realizado por todos os profissionais”, no uso do MI-Aedes, por meio da chamada “Mosquitrap” – armadilha de mosquitos, partiu da Ecovec, empresa de biotecnologia e bioinformática, que há mais de 10 anos mantém parceria com a indústria Fibria e a Prefeitura de Três Lagoas para monitoramento inteligente do mosquito e controle da Dengue, Zika e Febre Chinkungunya.

A placa foi entregue ao prefeito Angelo Guerreiro, no segundo semestre do ano passado, na presença da secretária de Saúde, Angelina Zuque; o Coordenador de Saúde da Fibria, médico Ricardo Trevisan Perez; e o diretor de Vigilância e Saneamento da SMS, Francisco Joaquim da Silva.

Também participaram da entrega, “com o mérito do reconhecimento dos trabalhos que realizam diariamente”, como expressou o prefeito Angelo Guerreiro, os seguintes servidores: Supervisora Geral do MI-Aedes e Coordenadora do Setor de Entomologia, Geórgia Medeiros de Castro Andrade; Coordenador do Setor de Endemias, Alcides Divino Ferreira; e os  Agentes do MI-Aedes,  Cléria do Socorro Silveira, Joana Bragança da Silva Maia e José Rodrigues de Freitas.

Como consta gravado na placa, que marca os 10 anos de implantação do MI-Aedes na SMS, “o trabalho realizado por todos os profissionais do município de Três Lagoas e da empresa Fibria, no uso do MI-Aedes, é digno do nosso reconhecimento e parabenização”.

MI-AEDES

O serviço do MI-Aedes foi implantado no município de Três Lagoas pela empresa Ecovec, em abril de 2007, graças à parceria com a Fíbria, que financia o programa. São 305 armadilhas, as denominadas “mosquitrap”, distribuídas a cada 300 metros e monitoradas através de um sistema que envia dados por meio de satélite a um computador.

Por meio desse programa, como explicou a bióloga Geórgia, do Setor de Entomologia, torna-se mais eficiente a localização dos pontos com maior infestação do Aedes Aegypti.

“É um serviço de extrema importância, como ferramenta para tomada de decisões imediatas para o combate à Dengue e controle de vetores”, ressaltou a secretária Angelina, ao agradecer a parceria da SMS com a Fibria.

Para o representante da Fibria, a parceria com a Prefeitura de Três Lagoas, na área da Saúde tem obtido bons resultados para a melhoria da qualidade de vida da nossa população.

“Para a Fibria, as parcerias que são voltadas para a Saúde são e serão sempre relevantes”, Observou o médico Ricardo Perez.

Ao elogiar o trabalho das equipes de Saúde, “merecedoras dos elogios de reconhecimento”, o prefeito citou “a dedicação, a boa vontade e a disposição, que resultam no bom desempenho do que fazemos”, disse.

Veja também

CEI Dona “Clementina Carrato” recebe nova pintura e cobertura do pátio

admin

Ex-atleta de Três Lagoas Jorginho Corumbaense morre aos 54 anos

admin

Em Três Lagoas, Curso de beneficiamento de mandioca surpreende participantes

admin

Saúde de Três Lagoas continua usando bomba de fumacê para conter proliferação do Aedes aegypti

admin

Novos Agentes de Endemias de Três Lagoas são capacitados para o exercício de suas funções

admin

Donos de cães e gatos de Três Lagoas têm nova oportunidade de vacinar contra a raiva os animaizinhos de estimação

admin

SEDECT de Três Lagoas realiza Domingo Kids no Balneário Municipal “Miguel Jorge Tabox”

admin

Em Três Lagoas, Muita emoção na comemoração de N.S. Aparecida

admin

Festa é realizada para as crianças carentes de Três Lagoas

admin