ArapuáNews – Notícias de Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, Brasil e região
Image default

Vereadores de Três Lagoas recebem denúncia do movimento Mães Unidas

Na manhã desta terça-feira (06), os vereadores realizaram a 24ª sessão ordinária, primeira após o recesso legislativo, aprovando três projetos de lei, um decreto legislativo, derrubando um veto integral do poder executivo e analisando outras 19 matérias em pauta. Algumas mães do movimento social voluntário Mães Unidas estiveram presentes para pedir a apuração de denúncias contra o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora – HNSA.

A principal denúncia apresentada é de um fato acontecido no dia 24 de julho, de uma mãe que passou por um parto forçado e o bebê veio a óbito, porém, fotos mostram o bebê machucado, indicando erro médico. O vereador Professor Flodoaldo apresentou um dado alarmante: “o índice de mortalidade materna nacional é de 58.4, estadual é de 65, de Três Lagoas é de 105 e do HNSA é de 180”. Gilmar Garcia ressaltou que, no Brasil, a maior discriminação é com o pobre. “Por que a mulher pobre tem que se submeter à vontade do Estado e não pode escolher o tipo de parto?”, questionou o vereador.

Aprovados

Os vereadores iniciaram a sessão derrubando o veto integral ao autógrafo da lei nº 3.448, de 04 de setembro de 2018, que: “dispõe sobre a isenção no pagamento de taxas de inscrição em concursos públicos no âmbito do município de Três Lagoas, para cidadãos que prestem serviços à justiça eleitoral”. Gilmar, Apóstolo Ivanildo, Marcus Bazé e André Bittencourt defenderam a derrubada, alegando que boas ideias devem imperar na Casa do Povo, que a lei não gera prejuízos ao erário e que é uma forma de incentivo para quem trabalha de graça pelo país. A vereadora Sirlene, autora da lei, agradeceu os colegas pelo apoio.

Após esta votação, três projetos de lei foram aprovados. O primeiro (PL126), estabelecendo a composição do Conselho Municipal de Educação; o segundo (PL145), autorizando o município a firmar termo de contribuição com a Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas, entidade sem fins lucrativos, para repasse de contribuições; e o terceiro (PL147), autorizando a abertura de crédito especial por anulação, para envia pouco mais de 600 mil para o Governo do Estado construir um estande de tiros em Três Lagoas.

Para este projeto, Sargento Rodrigues encaminhou seu voto, argumentando que o estande é de suma importância para a Polícia Militar, e para todos os profissionais da segurança pública, contribuindo com a segurança do três-lagoense. Gilmar elogiou e parabenizou o executivo pelo investimento na segurança, mas criticou: “o estado tem um orçamento maior e está deixando que o município doe dinheiro para construção desse estande de tiros. A segurança é uma responsabilidade do Estado”.

Os vereadores Realino, Celso Yamaguti e Ivanildo usaram a tribuna para enfatizar que essa doação foi proveniente de uma devolução que a Câmara fez, indicação seu uso para esta finalidade. Assim, parabenizaram a prefeitura por seguir a indicação e os vereadores pela economia e repasse.

Em tramitação

Confira os projetos que estão em tramitação na Casa do Povo e estão sendo analisados pelas comissões permanentes:

  • Projeto de lei nº 113, de 01 de julho de 2019: “autoriza o poder executivo a outorgar a concessão onerosa de uso de espaço público á empresa Boreste Indústria e Comércio de Ligas Ltda”
  • Projeto de lei nº 128, de 15 de julho de 2019 “dispõe sobre o Programa Municipal de Incentivo ao Primeiro Emprego”
  • Projeto de lei nº 129, de 29 de julho de 2019: “dispõe regulamentar no âmbito municipal a aplicação do art. 55, inciso VI e art. 56, inciso II da Lei Federal nº 8.666/93, obrigando a utilização do seguro-garantia de execução de contratos públicos de obras e de fornecimento de bens ou de serviços, denominando essa modalidade e aplicação da lei, como Seguro Anticorrupção – SAC”
  • Projeto de lei nº 130, de 31 de julho de 2019: “dispõe regulamentar no âmbito municipal bares, cafés, quiosques, praças, centros, complexos gastronômicos, restaurantes, casas noturnas, casas de eventos e de shows a adotar medidas de auxílio à Mulher que se sinta em Situação de Risco”
  • Projeto de lei nº 131, de 31 de julho de 2019: “institui o Selo Consciência Coletiva, sobre as políticas públicas de incentivo ao desuso de canudos e copos plásticos descartáveis no município”
  • Projeto de lei nº 132, de 31 de julho de 2019: “dispõe sobre a publicação de coletânea de leis vigentes no município”
  • Projeto de lei nº 133, de 31 de julho de 2019: “institui no âmbito do município a Semana da Gestão Pública”
  • Projeto de lei nº 134, de 31 de julho de 2019: “institui no calendário oficial do município a Semana Monteiro Lobato de Literatura Infantil”
  • Projeto de lei nº 135, de 31 de julho de 2019: “dispõe sobre placas informativas em obras públicas municipais”
  • Projeto de lei nº 136, de 31 de julho de 2019: “institui em âmbito municipal o programa Política Sem Corrupção”
  • Projeto de lei nº 137, de 31 de julho de 2019: “institui e inclui no calendário oficial de eventos do município a Semana do Livro”
  • Projeto de lei nº 138, de 31 de julho de 2019: “institui o Programa Primeiro Emprego – PPE, no âmbito da administração municipal”
  • Projeto de lei nº 139, de 31 de julho de 2019: “institui no calendário oficial do município a Semana de Coleta de Resíduos, a ser divulgada e estimulada trimestralmente no município”
  • Projeto de lei nº 140, de 01 de agosto de 2019: “passa a denominar-se rua “Geraldo Cézero”, a rua “projetada a”, localizada no bairro alto da boa vista”
  • Projeto de lei nº 141, de 01 de agosto de 2019: “passa a denominar-se rua “Zacarias Coimbra Martins”, a rua “projetada b”, localizada no bairro alto da boa vista”
  • Projeto de lei nº 142, de 01 de agosto de 2019: “passa a denominar-se rua “Pedro Arantes”, a rua “projetada c”, localizada no bairro alto da boa vista”
  • Projeto de lei nº 143, de 05 de agosto de 2019: “autoriza o poder executivo a ceder em comodato, para posterior doação, área a Casa & Cozinha – Marmoraria Especializada ME”
  • Projeto de lei nº 146, de 05 de agosto de 2019: “passa a denominar-se rua “Olympio Azambuja de Castro”, a rua “maycoré”, localizada no bairro nova califórnia”.

Veja também

Visite nosso novo site www.arapuanews.com.br

admin

Cerca de 800 pessoas participaram do projeto Transporte em Ação do SEST SENAT

admin

Em Corumbá, Professora de 44 anos morre atropelada por vagão

admin

Saudoso locutor de rodeios, ‘Curió’ ganha homenagem com nome de rua em Três Lagoas

admin

Ex-Vice Presidente da FETEMS e Professora Elaine de Sá Costa será velada as 20h no Sinted de Três Lagoas

admin

Reporter Arapuá, Acidente entre ônibus e carro é registrado na Avenida Ranulpho em Três Lagoas

admin